Kim Jong-un premiará norte-coreanos em aniversário de 70 anos de seu partido

  • Por Agencia EFE
  • 25/09/2015 03h13

Seul, 25 set (EFE).- A Coreia do Norte oferecerá a seus cidadãos um prêmio especial por ocasião do 70º aniversário do Partido dos Trabalhadores, a comemoração mais importante do ano no país, que acontece no dia 10 de outubro, informaram nesta sexta-feira os veículos de imprensa nacionais.

A bonificação será entregue a todos os trabalhadores e aposentados do país, assim como às pessoas que recebem subsídios e bolsas de estudos, e chegará à totalidade de seu salário ou ajuda mensal, detalhou a agência oficial “KCNA”.

Trata-se da primeira vez em que o governo norte-coreano oferece uma compensação econômica deste tipo a seus cidadãos desde 1989, apesar de que em algumas ocasiões anteriores foram feitas outras premiações também para comemorar o aniversário do partido.

O prêmio, aprovado por decreto na última quarta-feira na Assembleia Popular Suprema, servirá para recompensar a “devoção” e o “fiel serviço” dos norte-coreanos para o Partido dos Trabalhadores, segundo o meio estatal.

O aniversário do Partido dos Trabalhadores, cujo evento principal será um grande desfile militar em Pyongyang, está marcado pelo possível lançamento de um satélite espacial com fins científicos, uma iniciativa anunciada pelo regime norte-coreano e que gerou inquietação na comunidade internacional.

Seul e Washington consideram esse possível lançamento uma violação das resoluções da ONU que proíbem o país comunista de desenvolver tecnologia de mísseis balísticos.

O regime de Kim Jong-un enviou convites para as celebrações do 70º aniversário do Partido dos Trabalhadores para vários países da América Latina e da África, mas não para a China, seu aliado histórico e principal parceiro econômico. EFE