Lula não tem aparecido muito em comícios ao lado de Dilma Rousseff

  • Por Jovem Pan - Brasília
  • 14/10/2014 14h51
SANTO ANDRÉ, SP – 24.09.2014: PADILHA-SP - O candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, durante ato político acompanhado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, em Santo André, no Grande ABC (SP), nesta quarta-feira. (Foto: Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress)Lula em Comício em Santo André

Por que Lula não tem aparecido com frequência nos eventos junto a Dilma?

É um mistério, diz Fernando Rodrigues, que gera várias especulações em Brasília.

Nunca houve um segundo turno tão apertado quanto o atual e Lula, como se sabe, é um grande cabo eleitoral para a campanha de Dilma Rousseff (PT).

Em 2010, Lula era muito mais presente e conseguiu eleger Dilma sem ela ter ocupado jamais antes um cargo eletivo.

Desde 03 de outubro, no entanto, os dois não foram vistos juntos em público.

“Alguma coisa está acontecendo”, diz Rodrigues.

Lula ainda não apareceu ao lado de Dilme nem em Pernambuco, segundo maior estado em número de eleitores no Nordeste e que, neste ano, pode derrotar Dilma, devido ao grande apoio que tem Aécio Neves, com Marina Silva e a família de Eduardo Campos.

Na quarta, amanhã, é possível que haja um evento de Lula e Dilma em São Bernardo do Campo.

PSB

O impacto da mudança na liderança do PSB foi mais um revés político para a campanha de Dilma Rousseff.

O Partido Socialista Brasileiro sempre esteve ao lado do PT em campanhas anteriores. Agora, porém, decidiu apoiar Aécio Neves (PSDB) no segundo turno.

A sigla trocou sua direção nacional – saiu Roberto Amaral, ex-ministro de Lula e entrou Carlos Siqueira, um dos que defenderam a adesão a Aécio Neves.

A configuração geral do quadro partidário está mudando aos poucos e as mudanças não têm sido favoráveis ao PT.