Janot está correto ao pedir suspeição de Mendes

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2017 07h40 - Atualizado em 22/08/2017 07h51
Montagem/Agência Brasil Rodrigo Janot alega que há vínculos pessoais pelo fato do ministro do STF ser padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Filho

Procurador-geral da República pede o afastamento de Gilmar Mendes no caso do empresário do ônibus no Rio de Janeiro.

Rodrigo Janot alega que há vínculos pessoais pelo fato do ministro do STF ser padrinho de casamento da filha de Jacob Barata Filho.

“E tem, neste caso, absoluta razão o procurador-geral da República. Mendes argumenta que o casamento durou só seis meses. Ele é um piadista, o que isso tem a ver? Janot está correto, há conflito de interesses, e também porque há a presença da esposa que presta serviços ao escritório do Barata Filho. Ele que deveria dizer que não há condições, porém, esperar Gilmar Mendes, é esperar o retorno de Messias”, diz Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: