Manifestação intolerável contra Sturm foi feita por “artistas” picaretas

  • Por Jovem Pan
  • 28/07/2017 10h12
Esses “artistas” são picaretas e essa manifestação é intolerável, diz Villa

É incrível a mediocridade da produção cultural brasileira. Vivemos um dos piores períodos no campo cultural. Nesta semana, no Memorial da América Latina, foi aberto o Festival Latino-Americano de Cinema. Lá estava presente o secretário municipal de Cultura, André Sturm, que foi vaiado por 15 minutos aos gritos de “não vai falar”; outros gritavam “golpista” e “fascista”.

É inaceitável que ocorra isso. Aquilo foi feito com recursos privados para sustentar cineastas que não têm público e auxiliar aqueles que ganharam muito dinheiro no projeto petista.

Esse tipo de manifestação é fascista: impedir que um secretário municipal de Cultura fale.

Esses “artistas” são picaretas e essa manifestação é intolerável. Até quando aguentaremos os “artistas” batendo de frente com o governo xingando?

Assista ao comentário completo de Marco Antonio Villa: