Marco Antonio Villa: Brasil não pode ficar refém de uma empresa homicida como a Vale

  • Por Jovem Pan
  • 31/01/2019 10h13 - Atualizado em 31/01/2019 10h22
EFENão podemos adentrar por leitura produzida pela Vale que diz que a tragédia vai afetar a economia do país

Na aritmética macabra podemos chegar a cerca de 360 mortos em Brumadinho, em Minas Gerais. A Vale é homicida, e quando você lê as histórias de vida é terrível. Casal, filha grávida que foi visitar a família, trabalhadores da Vale, história por história, é tudo muito triste. É preciso discussão séria e não calhorda. Temos de evitar gente calhorda. A questão não envolve privatização ou não. Estamos falando de empresa homicida e não de liberalismo. Não estamos falando de direita e esquerda. Não podemos adentrar por leitura produzida pela Vale que diz que a tragédia vai afetar a economia do país.

Confira o comentário completo de Marco Antonio Villa: