Marco Antonio Villa: Como chegamos nesse beco sem saída?

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2018 07h38
Montagem/Agência Brasil"Parece que esse cenário está congelado. Estamos a 10 dias das eleições", diz Villa

Em mais um debate sem Jair Bolsonaro, Fernando Haddad é o principal alvo dos adversários.

Com ataques ao PT, candidatos como Marina Silva, Ciro Gomes e Geraldo Alckmin tentam conter o crescimento do ex-prefeito de São Paulo em busca de uma chance de chegar ao segundo turno.

Nova pesquisa Ibope mostra cenário eleitoral praticamente estável na disputa pela presidência da República.

Bolsonaro, do PSL, passou de 28% para 27%; Haddad, do PT, também caiu um ponto, de 22% para 21%; Ciro, do PDT subiu de 11% para 12%; e Alckmin, do PSDB, continuou com 8%.

“Agora a questão é utilizar os debates para mudar a configuração das pesquisas. Parece que esse cenário está congelado. Estamos a 10 dias das eleições. E o curioso que será motivo para discussão é tentar entender como chegamos nesse beco sem saída”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: