Marco Antonio Villa: Explicações dadas por Flávio Bolsonaro até o momento não satisfazem

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2019 07h36
Reprodução/SBTO senador eleito alegou, em entrevistas, que é vítima de quebra de sigilo ilegal da promotoria do Estado

Comprador confirma pagamento em dinheiro para Flávio Bolsonaro.

 No entanto, datas e valor citados divergem do que está na escritura do imóvel, um apartamento de cobertura em Laranjeiras, na zona Sul do Rio de Janeiro.

Flávio Bolsonaro construiu patrimônio imobiliário antes de iniciar carreira de empresário. O senador eleito declara ser um dos sócios de loja de chocolates, atividade iniciada em 2015, mas a maior parte das aquisições ocorreu antes disso.

Por sua vez, o Ministério Público do Rio de Janeiro negou perseguição a Flávio Bolsonaro e disse que o filho do presidente e mais 26 deputados são investigados por improbidade administrativa.

O senador eleito alegou, em entrevistas, que é vítima de quebra de sigilo ilegal da promotoria do Estado.

“Sobre essas questões, elas ainda não estão devidamente esclarecidas. A questão acaba atingindo o presidente, que não tem relação com os fatos. As explicações dadas até o momento não satisfazem. Ainda falta acertar a sintonia. O comprador do imóvel confirmou pagamento, mas Fabrício Queiroz continua em silêncio. Fora isso, todos os deputados da Alerj estão sendo investigados”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: