Marco Antonio Villa: O tempo passa, mas crime de Brumadinho não deve ser esquecido

  • Por Jovem Pan
  • 21/02/2019 10h16
Antonio Lacerda/EFE Quem estava no escritório teve apenas oito segundos para tentar fugir. Os andares inferiores se tornaram masmorras

Uma reportagem sobre o caso de Brumadinho é chocante. Tem fotos duras e tristes sobre o resgate de vítimas na lama. A gente não deve esquecer a tragédia, que caminha para cerca de 320 mortos. A matéria descreve a situação do local da Vale. Quem estava no escritório teve apenas oito segundos para tentar fugir. Os andares inferiores se tornaram masmorras.

Confira o comentário completo de Marco Antonio Villa: