Marighella não foi humanista, mas sim um terrorista

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2018 10h52
ReproduçãoComo é possível um país como o nosso ter um governo que autoriza captação de R$ 10 milhões para um filme sobre um terrorista?

Fiquei atônito quando li notícia que Wagner Moura está fazendo filme sobre Carlos Marighella. Porém, o que chamou atenção é que ele foi autorizado a captar R$ 10 milhões pela Lei Rouanet para fazer um filme sobre um terrorista. Mas sabemos pela Constituição que terrorismo é crime. Ou seja, o Ministério da Cultura apoia filme sobre vida de terrorista e isso é visto sem nenhum problema. Porém, para Wagner Moura e muitos, ele é humanista. Como é possível um país como o nosso ter um governo que autoriza captação de R$ 10 milhões para um filme sobre um terrorista? Não é possível aceitar isso passivamente. Marighella não foi humanista. Foi terrorista.

Confira o comentário completo de Marco Antonio Villa: