Polícia encontra 12 armas ilegais na casa de embaixador palestino em Praga

  • Por Agencia EFE
  • 05/01/2014 14h40

Praga, 5 jan (EFE).- O número de armas ilegais encontradas na residência do embaixador palestino em Praga, Jamal al-Jamal, morto na última quarta-feira em uma explosão, chegou a 12, informou neste domingo a polícia da República Tcheca, que não revelou de quais tipos de armamentos se tratam.

“Houve no total 12 armas”, disse à imprensa local a porta-voz da polícia, Andrea Zoulova, que desmentiu que o arsenal fosse de 70 metralhadoras, como publicado por alguns jornais.

Zoulova afirmou que a informação sobre os tipos de armamentos ainda é reservada, já que prossegue a investigação sobre a morte do embaixador por uma explosão, quando supostamente manipulava um cofre com um dispositivo de segurança, e a posterior descoberta das armas pelos agentes que foram ao imóvel.

A polícia não tornou pública ainda a análise das substâncias explosivas que mataram o embaixador, mas tanto os investigadores tchecos como os diplomatas palestinos asseguram que houve um acidente, e não um atentado. EFE