Política deve ser dominada pelo noticiário policial da Petrobras nesta semana

  • Por Jovem Pan - Brasília
  • 17/11/2014 13h52
RECIFE,PE,14.11.2014:OPERAÇÃO-LAVA-JATO - Fachada da Superintendência da Polícia Federal em Recife (PE), nesta sexta-feira (14). A Polícia Federal (PF) deflagra a sétima fase da Operação Lava Jato, cumprindo mandados de prisão e busca e apreensão no Paraná, em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, em Pernambuco e no Distrito Federal. Executivos da Petrobras foram detidos no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre em Recife. (Foto: Marlon Costa/Futura Press/Folhapress)Fachada da Superintendência da Polícia Federal em Recife (PE)

Fernando Rodrigues, como é de hábito, traz nesta segunda um apanhado dos assuntos mais relevantes no poder e na política nesta semana.

A política vai ser dominada pelo noticiário policial por conta das prisões de diretores de empreiteiras relacionados à corrupção na Petrobras investigada pela investigação da operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Na terça, os ministros que ainda não colocaram o cargo à disposição terão que fazê-lo. Ouça mais destaques no áudio acima.

Rodrigues também fala das ferramentas de que está dispondo o governo para se contrapor às manifestações contra a presidente Dilma e os escândalos da Petrobras. Atos favoráveis à presidente reeleita feitas por movimentos sociais e a retórica de que Dilma estimula as investigações são algumas.

O comentarista político da Jovem Pan relata ainda que há 70 políticos citados nos autos desses casos de corrupção até agora. Ele debate com Joseval Peixoto, no final, a questão da duração das prisões dos empresários pela Polícia Federal, deflagrada na sexta. Os defensores dos empreiteiros já tentaram sem sucesso dois pedidos de habeas corpus, nos tribunais regionais e no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Ouça o comentário completo no áudio acima.