Produção industrial sul-coreana freia em abril em consequência de naufrágio

  • Por Agencia EFE
  • 30/05/2014 00h54

Seul, 30 mai (EFE).- A produção industrial da Coreia do Sul cresceu 0,1% em abril em relação ao mês anterior, um lento avanço atribuído ao impacto no consumo do luto coletivo pelo trágico naufrágio do ferri Sewol, informou o Escritório de Estatística de Seul nesta sexta-feira.

Apesar de ter se mantido positivo, abril marcou uma importante desaceleração em comparação a março, mês em que o aumento tinha sido de 0,9% no índice que engloba a produção das indústrias manufatureira, mineradora e energética da quarta economia da Ásia.

O dado chega no momento em que o governo sul-coreano aplica medidas para reforçar a despesa após a confiança dos consumidores diminuir desde o acidente de 16 de abril que deixou mais de 300 mortos e desaparecidos.

O impacto do acidente da embarcação Sewol, que comoveu o país e provocou queda no consumo e nas viagens, foi notado especialmente no setor serviços, disse um alto funcionário do Escritório de Estatística à agência local “Yonhap”.

As vendas dos comércios no varejo caíram 1,7% em abril em relação a março, uma inversão de tendência diante do crescimento de 1,8% registrado no terceiro mês do ano.

Os sul-coreanos compraram em abril menos roupa, combustível para automóveis, equipamentos de comunicação e computadores em comparação com o mês anterior, segundo o relatório de Estatística.

A produção de automóveis se contraiu 2,5% e a de maquinário de processamento em 6,6% no mês de abril, embora os produtos de transporte e químicos tenham crescido 10,6% e 3,4% respectivamente. EFE