Refugiados sírios morrem depois que chegaram feridos na Jordânia

  • Por Agencia EFE
  • 19/07/2014 07h01

Amã, 19 jul (EFE).- Pelo menos 12 refugiados sírios morreram ontem na Jordânia, onde chegaram depois que foram feridos com gravidade em seu país, informou neste sábado o Exército jordaniano.

As 12 vítimas faziam parte de um grupo de 46 refugiados feridos que receberam tratamento médico nos hospitais jordanianos.

“Os guardas de fronteira e as equipes médicas militares fizeram grandes esforços para salvar suas vidas, mas 12 deles não resistiram aos graves ferimentos e à perda de sangue que sofreram ao longo da grande distância que tiveram que andar”, afirmou o Exército em comunicado.

Os outros refugiados foram levados para o acampamento de Zaatari, a 85 quilômetros ao nordeste de Amã.

Pelo menos 411 refugiados sírios atravessaram a fronteira com a Jordânia nas últimas 72 horas, segundo os guardas fronteiriços.

O país acolhe pelo menos 600 mil pessoas que fugiram da violência na Síria desde o início do conflito, em março de 2011. EFE