Senado dos EUA bloqueia pela 2ª vez resolução contra pacto nuclear com Irã

  • Por Agencia EFE
  • 15/09/2015 23h19

Washington, 15 set (EFE).- A minoria democrata no Senado dos Estados Unidos voltou a bloquear nesta terça-feira, depois de travá-la na semana passada, uma resolução contra o plano nuclear com o Irã impulsionada pelos republicanos, ao não permitir que alcançasse os 60 votos necessários.

Ao contrário da votação da quinta-feira passada, que terminou com 58 votos a favor e 42 contra, na de hoje os opositores do pacto nuclear com o Irã conseguiram dois votos a menos (56), devido à ausência dos pré-candidatos presidenciais republicanos Lindsey Graham (Carolina do Sul) e Rand Paul (Kentucky).

Os defensores do acordo, por sua parte, repetiram os 42 votos, todos eles democratas.

Apesar da derrota sofrida na semana passada, o líder da maioria conservadora no Senado, Mitch McConnell buscou uma segunda votação hoje para tentar convencer a pelo menos mais dois democratas (quatro deles apoiam a resolução) e alcançar os 60 votos necessários para impulsionar o bloqueio.

A Casa Branca fez uma dura campanha no Legislativo para convencer o maior número de congressistas a respaldar o pacto alcançado entre as seis potências do Grupo 5+1 (EUA, Rússia, China, Reino e França, mais a Alemanha) com o Irã para impedir que esse país obtenha uma arma nuclear.

Os legisladores têm até o dia 17 de setembro para avaliar o conteúdo do acordo, mas o presidente americano, Barack Obama, já advertiu que utilizará seu direito a veto caso o Congresso aprove qualquer legislação para tombar o acordo. EFE