Tempestade Carlos perde força e é rebaixada para depressão tropical

  • Por Agencia EFE
  • 17/06/2015 18h26

Cidade do México, 17 jun (EFE).- A tempestade Carlos perdeu força nesta quarta-feira próximo ao litoral do estado de Jalisco, no oeste do México, e foi rebaixada para depressão tropical, informou o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Em um boletim publicado às 13h15 locais (15h15 no horário de Brasília), a tempestade Carlos, o terceiro fenômeno da temporada no oceano Pacífico, estava a 55 quilômetros ao sul de Cabo Corrientes, em Jalisco.

A tempestade tropical se desloca rumo a norte-nordeste a 11 km/h e registra ventos sustentados de 55 km/h, com picos de 75 km/h.

Sua passagem favorece o céu encoberto sobre os estados do oeste do país, criando condições para chuvas fortes acompanhadas de raios, possível queda de granizo e ventos fortes em pelo menos quatro estados – Nayarit, Jalisco, Colima e Michoacán.

O Sistema Nacional de Defesa Civil colocou em alerta laranja (grande perigo) todo o estado de Colima, o litoral e o centro de Jalisco, assim como sul de Nayarit.

Além disso, o órgão mantém alertas menores no restante de Jalisco, no oeste de Nayarit e no sul de Michoacán, além de Ilhas Marias e Marietas, Sinaloa, Durango, Guerrero, Ilhas Socorro e San Benedicto EFE