Tempestade de neve deixa 3 mortos no norte do Japão

  • Por Agencia EFE
  • 18/12/2014 01h07

Tóquio, 18 dez (EFE).- Uma forte tempestade de neve está afetando o norte do Japão e provocou a morte de pelo menos três pessoas, além de graves interrupções no sistema de transportes na ilha de Hokkaido, informou nesta quinta-feira a emissora pública “NHK”.

Duas frentes de baixa pressão estão desde ontem sobre a ilha de Hokkaido e o norte da ilha de Honshu, a maior do país, com fortes nevascas e ventos, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA, sigla em inglês).

O temporal, que poderia ser um dos mais intensos no norte do arquipélago japonês nos últimos anos, segundo essa agência, continuará com a precipitação, nas próximas horas, de até 120 centímetros de neve em algumas áreas, além de ventos que podem chegar a 160 km/h.

Pelo menos três pessoas morreram em acidentes de trânsito provocados pela tormenta e avalanches, duas delas em Hokkaido e outra em Hiroshima, segundo a “NHK”.

Nas áreas montanhosas de Hokkaido, as autoridades locais retiraram cerca de 150 pessoas que estavam isoladas pela neve, enquanto cerca de 20 mil famílias ficaram sem energia elétrica em suas casas entre terça e quarta-feira, informou a companhia energética local Hokkaido Electric Power.

O temporal também causou o fechamento de 1,2 mil escolas e interditou trechos de estradas regionais e locais.

O serviço de trens que liga Sapporo, a capital de Hokkaido, com outras partes do país, foi suspenso na noite de quarta-feira, assim como outras linhas de alta velocidade (Shinkansen, o trem bala) no noroeste de Honshu.

Além disso, cerca de 100 voos nacionais – a maioria deles partindo de Hokkaido – foram cancelados hoje, segundo a “NHK”.

Na quarta-feira, mais de 420 voos nacionais e internacionais foram cancelados pelo temporal, que também obrigou um avião da American Airlines, que fazia a rota entre Seul (Coreia do Sul) e Dallas (EUA), a fazer um pouso de emergência em Tóquio devido às graves turbulências.

A JMA mantém hoje o estado de alerta em grande parte do norte, centro e oeste do Japão devido aos fortes ventos, intensas nevascas e ondulações nos mares. Além disso, emitiram uma advertência para o risco de avalanches, deslizamentos de terra e inundações. EFE