Tempestade tropical “Rachel” se forma no litoral do México

  • Por Agencia EFE
  • 25/09/2014 04h55

Cidade do México, 24 set (EFE).- A tempestade tropical “Rachel” se formou nesta quarta-feira a partir de uma depressão tropical na costa mexicana do Oceano Pacífico, informou o Serviço Meteorológico Nacional (SMN), que estabeleceu uma zona de vigilância nos estados de Guerrero, Michoacán, Colima e Jalisco.

O SMN indicou em boletim que “Rachel” se formou às 22h locais (0h de Brasília), com ventos máximos sustentados de 65 km/h, sequências de até 85km/h e deslocamento ao oeste a 19 km/h.

A tempestade se localiza a 525 quilômetros ao sudoeste de Manzanillo, Colima, e a 885 quilômetros ao sul-sudeste de Cabo San Lucas, em Baja California Sur.

“A circulação do sistema favorece o aumento de umidade nos estados do ocidente e, em combinação com uma zona de instabilidade, favorecerá chuvas fortes (25 a 50 milímetros) em áreas de Guerrero, Michoacán, Colima e Jalisco”, afirmou o SMN.

O organismo recomendou à população desses estados e à navegação marítima nas imediações do sistema manter precauções e atender as recomendações emitidas pelas autoridades do Sistema Nacional de Defesa Civil.

A nova tempestade se formou enquanto o estado de Baja California Sur tenta recuperar-se dos estragos causados na semana passada pelo furacão “Odile”.

Com ventos superiores a 200 km/h, “Odile” chegou na madrugada da segunda-feira da semana passada como furacão de categoria 3 na região de Los Cabos.

Os fortes ventos e intensas chuvas provocaram danos importantes à infraestrutura urbana, elétrica, de telecomunicações e aeroportuária, assim como em hotéis e casas.

O mais recente relatório oficial informa que seis pessoas morreram como consequência direta do furacão. EFE