Alckmin quer emplacar alianças, mas tarefa não será simples

  • Por Jovem Pan
  • 04/07/2018 08h12
Reprodução/PSDBOs partidos não estão tão propensos a fechar alianças com o tucano, como já ocorreu no passado

A Copa do Mundo faz uma pausa e os políticos entram em campo. O tucano Geraldo Alckmin quer emplacar aliança com “blocão” do Centro. Mas ele vai enfrentar retranca.

Os partidos não estão tão propensos a fechar alianças com o tucano, como já ocorreu no passado. Partidos dizem que pesquisas mostram poucos lugares onde o tucano poderia avançar.

Alckmin vai encontrar um pessoal disposto a fechar aliança muito cético em relação a ele. Aliados dizem que ele não pode chegar com as mesmas conversas sobre tempo de TV e que ele precisa acenar com alguma perspectiva de poder a esses partidos, qual a estratégia para vitaminar intenções de voto em SP e fora do Estado.

Não será uma conversa definitiva e nem entusiasmada, será com um pé atrás de parte a parte.

A data que os partidos têm coocado como chave é dia 15 de julho. Na segunda-feira (15) após o fim da Copa começa o prazo para realização das convenções. Assim que algum partido grande definir, os outros também devem começar a procurar algum lugar para se acomodar.

O PSB deve fechar aliança com Ciro Gomes. Uma vez que o pré-candidato consiga uma aliança importante como essa, Geraldo Alckmin deve começar a se atentar.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: