Vera Magalhães: Calendário não ajuda meta do Governo de votar reforma no 1º semestre

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2019 10h07
Marcelo Camargo/Agência BrasilE se o calendário não ajuda, é preciso muita articulação política para aprovar o texto

Essa é uma semana truncada com feriado na quarta-feira (1º) e isso vai atrasar um pouco o ímpeto que a reforma da Previdência havia ganhado.

A semana deve ser dedicada apenas a reuniões privadas entre presidente e relator da comissão especial. Na segunda-feira (06), o plano da comissão deve ser apresentado.

O Governo não tem tempo a perder para cumprir sua meta de aprovar a reforma antes do fim do primeiro semestre. Todo cuidado é pouco para que esta etapa seja célere e a reforma seja votada no plenário ainda em junho.

O calendário não ajuda meta do Governo de fazer com que a reforma seja votada no primeiro semestre. E se o calendário não ajuda, é preciso muita articulação política para aprovar o texto.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: