Vera Magalhães: Depois de exonerar Bebianno, Governo mostra virada de página com envio de projetos

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2019 07h53
Senado FederalNesta terça-feira (19), o Governo leva a agenda anticrime ao Congresso e na quarta (20) o projeto de reforma da Previdência

Era uma queda esperada e Gustavo Bebianno foi exonerado após seis dias em fogo. O presidente teve de fazer um vídeo com elogios ao agora ex-ministro, o agradecendo pela dedicação e competência. Quase não dá para entender o motivo da demissão.

É um processo desastroso do início ao fim. A acusação é de que Bebianno fazia parte do esquema de candidaturas laranjas no PSL, mas o ministro do Turismo, envolvido no mesmo caso, continua no cargo.

O vídeo foi negociado como maneira de apaziguar a demissão, mas a promessa não foi cumprida de forma integral, já que o vídeo era para ser divulgado nas redes sociais do clã Bolsonaro.

Virada de página

Nesta terça-feira (19), o Governo leva a agenda anticrime ao Congresso e na quarta (20) o projeto de reforma da Previdência. A ideia é mostrar uma virada de página da crise.

O projeto anticrime deve ser levado pelo próprio ministro Sergio Moro ao Congresso, mas deve ter algumas alterações no que concerne ao caixa dois, que deve ir a um projeto à parte.

Moro não aceitou ideias que vieram da Câmara de deixar o projeto para depois da reforma da Previdência, que deve ir amanhã ao Congresso com a expectativa de entrega pelo próprio presidente da República.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: