Vera Magalhães: Eleição se mostra a mais judicializada dos últimos anos

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2018 08h01
EFETodas as brechas para que se posterguem em um dia ou dois, dão ao PT a chance de exibir Lula na TV na sexta-feira

Esta é a eleição mais judicializada dos últimos anos. E é grave, temos um candidato preso e outros casos como os de Jair Bolsonaro e Fernando Haddad. Mas estas não têm o mesmo peso que a de Lula, entretanto, desgastam os candidatos às vésperas do pleito.

Se Bolsonaro se tornar réu, não haverá tempo de ele ser condenado antes do fim da campanha. O crime do qual ele é acusado pela PGR, que vai à análise nesta terça-feira, está entre os crimes enquadrados na Ficha Limpa, diferente da que ele já é réu no STF.

Ontem, uma ação por improbidade também foi movida contra o ex-prefeito de São Paulo.

Recursos de Lula

O PT confirmou que apresentará recurso no prazo final, que é quinta-feira (30). Em périplo ao ex-presidente, representantes disseram que o recurso será impetrado nesta data. A partir disto o ministro Luís Roberto Barroso deve decidir se submeterá ao plenário ou se decidirá monocraticamente.

De qualquer maneira, todas as brechas para que se posterguem em um dia ou dois, dão ao PT a chance de exibir Lula na TV na sexta-feira, quando começam as propagandas eleitorais. É uma situação surrealista e que mostra o grau de judicialização bizarro que estamos vivendo.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: