Vera Magalhães: Extradição de Cesare Battisti está cada vez mais perto de acontecer

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2018 08h03 - Atualizado em 14/12/2018 08h22
Estadão ConteúdoAté hoje, o governo italiano faz amplos gestos para ter o direito de executar a pena contra o assassino serial que Battisti é.

Parece que caminhamos para a extradição de Cesare Battisti.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux determinou a prisão de Cesare Battisti, nesta quinta-feira (13). A medida facilita o processo de extradição para a Itália, onde ele foi condenado a prisão perpétua, desejo já declarado publicamente pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. Battisti diz que é inocente em acusações de assassinato.

Com isso, a gente ganha uma perspectiva. O STF já havia julgado que o italiano deveria ser extraditado, seguindo as legislação vigente e os acordos internacionais dos quais o Brasil é signatário, mas deixou para Lula a palavra final. Lula, então, concedeu a ele o direito de ficar no Brasil, em total desacordo com esses mesmos tratados.

Até hoje, o governo italiano faz amplos gestos para ter o direito de executar a pena contra o assassino serial que Battisti é.

O temer já deu algumas demonstrações de que, se o STF assim entendesse, ele poderia rever a decisão para deixar o Battisti no Brasil. E, evidentemente, se couber essa decisão a Bolsonaro, ele fará a extradição.

Os crimes cometidos por Cesare Battisti – hoje com 63 e residente em São Paulo – teriam sido cometidos na década de 1970. Antes de chegar em terras brasileiras, ele passou 30 anos como fugitivo no México e na França.