Vera Magalhães: Maia caminha para vitória na Câmara; disputa no Senado permanece incerta

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2019 08h03
Wilson Dias/Agência BrasilHá ainda uma série de costuras a serem feitas nos próximos dias para que o MDB tente salvar uma posição de prestígio

O grande dia da posse do novo Congresso será na sexta-feira (1º), e a disputa para o controle do Senado e da Câmara continua.

No Senado, aparentemente, a cúpula do MDB percebeu que agora existe grande resistência ao nome de Renan Calheiros e tenta convencer o senador a não disputar, mas não obtém sucesso. Ele não aceitou tirar seu nome da disputa interna e uma nova reunião será realizada nesta quinta-feira (31).

O próprio presidente do MDB, Romero Jucá, percebeu que a maré das eleições não favorece a candidatura de Renan Calheiros.

A presidência do Senado é a grande chance de o MDB ter um grande posto. Mas o MDB acha difícil e não garantido que Renan vença no plenário. Por outro lado, senadores dizem que não votariam em Simone Tebet, também do MDB, como candidata avulsa.

Há ainda uma série de costuras a serem feitas nos próximos dias para que o MDB tente salvar uma posição de prestígio.

Já na Câmara, Rodrigo Maia tenta uma espécie de blitz para salvar sua candidatura á reeleição ainda em primeiro turno. Na Casa, a disputa é mais tranquila, já que o democrata conseguiu um apoio do MDB e fica mais próximo de lograr esse êxito. O obstáculo ainda fica na candidatura avulsa de Fábio Ramalho.

Maia tenta ainda fazer com que Marcel van Hattem retire sua candidatura para angariar mais votos para sua reeleição.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: