Deputado Júlio Delgado diz que governo não quer discutir carga de impostos

Parlamentar do PSB revela que votará contra as reformas, mas afirma que o partido gostaria de tratar da questão fiscal no Congresso

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2021 15h10
Reprodução/Jovem PanO deputado federal Júlio Delgado diz que votará contra as reformas

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “Com relação à reforma administrativa, apesar da redução de danos que conseguimos na Comissão de Constituição e Justiça por parte do relator, podemos perder isso tudo na comissão especial, porque parece que o governo quer votar a proposta original em dois turnos na Câmara e, depois, em dois turnos no Senado. Na CCJ da Câmara não se conseguiu o quórum constitucional. É a dificuldade, e nós vamos votar contra. Em relação à reforma tributária, é muito mais entre entes federativos (governos estaduais, municípios e União). Tem a relação produto e consumo também e a questão da carga de impostos. Isso nós temos interesse em votar, mas parece que o governo não quer discutir a matéria neste momento”, disse o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG).

A Jovem Pan apoia as reformas e vem cobrando uma posição dos políticos. Nosso placar na Câmara é de 16 votos a favor e 3 contra. No Senado, são 6 votos favoráveis, 1 indefinido e nenhum contrário. Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.