Deputado Rogério Correia é a favor de reforma tributária que promova taxação de grandes fortunas

Além disso, petista afirma que a PEC 32 vai piorar o serviço público no Brasil e aumentar ‘o sofrimento da população’

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2021 11h55
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados - 23/06/2021O deputado federal Rogério Correia defende a taxação do lucro e dividendos de grandes empresas

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “Eu defendo que a gente vote rapidamente uma reforma tributária, mas que divida renda. Uma reforma que taxe as grandes fortunas, os lucros e dividendos das grandes empresas nacionais e internacionais, até para que se possa melhorar a prestação de serviço público. A PEC 32, chamada reforma administrativa, ao contrário, ela privatiza a prestação de serviço público e acarreta para nosso povo mais sofrimento. Sem SUS, sem escola pública e com aposentadoria já muito minguada. Portanto, sim à reforma tributária para dividir renda. Não à PEC 32″, anunciou o deputado federal Rogério Correia (PT-MG).

A Jovem Pan apoia as reformas e vem cobrando uma posição dos políticos. Nosso placar na Câmara é de 18 votos a favor e 6 contra. No Senado, são 7 votos favoráveis, 2 indefinidos e nenhum contrário. Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.