Gabriel Abouchar fala em ‘esforço de guerra’ para aprovar reformas pelo bem do Brasil

Para o presidente da Abemi, medidas irão impulsionar a economia, colocar o Brasil na rota do crescimento sustentável e devolver os empregos perdidos

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2021 14h33
Reprodução/Jovem PanPara Gabriel Abouchar, aprovação de reformas é urgente e indispensável

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “É urgente e indispensável a aprovação das reformas tributária e administrativa e o ajuste fiscal neste ano ímpar de 2021, ano sem eleições. Nunca se viu a sociedade civil tão engajada como hoje em prol da democracia e da justiça social. E as reformas vêm atender esse propósito, tornando o momento peculiar e propício. É necessário um esforço de guerra comandado pelo senador Rodrigo Pacheco e pelo deputado Arthur Lira, presidentes do Senado e da Câmara, nessa tarefa difícil de unir 33 partidos que devem e têm que atuar pelo bem do Brasil. Nunca o Brasil precisou tanto do parlamento, pois além das reformas, há ainda mais de 30 projetos de lei em tramitação além da regulamentação daqueles projetos já aprovados, tais como o marco regulatório do saneamento básico, fundamental para a saúde pública, a lei do gás, ferrovias e o licenciamento ambiental. Enfim, medidas que irão impulsionar a economia, colocar o Brasil na rota do crescimento sustentável, devolvendo os mais de 14 milhões de empregos perdidos. O Brasil não pode mais esperar. O Brasil tem pressa”, analisa Gabriel Aidar Abouchar, presidente da Associação Brasileira de Engenharia Industrial (Abemi).

Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.