Jandira Feghali diz que reforma administrativa vai destruir o serviço público

Deputada do PCdoB também anunciou que votará contra a mudança no sistema tributário

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2021 13h01
Reprodução/Jovem PanA deputada Jandira Feghali votará contra as reformas administrativa e tributária

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “A oposição ao governo Bolsonaro, como também vários parlamentares de outras legendas, votará contra a reforma administrativa. Essa reforma de Bolsonaro descontrói o Estado brasileiro. Nós estamos em uma pandemia, e o SUS é serviço público, os profissionais que estão na linha de frente são servidores. A escola pública, que atende a maioria da população brasileira, é serviço público. A Polícia Militar, os Bombeiros, as Forças Armadas, são serviços públicos. A Defensoria, o advogado do povo, é serviço público. Essa reforma administrativa destrói o serviço público, destrói o Estado brasileiro”, opinou a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

“A reforma tributária, uma outra reforma que estava na pauta, foi fatiada, o que impede que saibamos como será votada. A reforma tributária deveria ser global, que não apenas simplifica tributos, mas distribui renda. E, neste momento, não temos mais este projeto em pauta”, completou Jandira. A Jovem Pan apoia as reformas e vem cobrando uma posição dos políticos. Nosso placar na Câmara é de 15 votos a favor e 2 contra. No Senado, são 5 votos favoráveis e nenhum contrário. Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.