José Domingos Alves diz que é necessário facilitar a vida de quem gera emprego no Brasil

Superintendente das Lojas Cem faz apelo aos deputados e senadores para que as reformas sejam aprovadas sem criar novos impostos

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2021 11h30 - Atualizado em 08/02/2021 11h31
Reprodução/Jovem PanJosé Domingos Alves afirma que o Brasil é um país que tem tudo para ser uma potência mundial de verdade

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “Realmente, o Brasil não pode mais esperar. Já passou da hora de fazermos as reformas e o ajuste fiscal. O formato atual é cruel, burocrático. Aliás, uma burocracia improdutiva, com alto custo para as empresas, ou seja, pune as empresas sérias que cumprem a legislação e gera insegurança jurídica. O que nós precisamos é desburocratizar, não criar mais impostos, precisamos facilitar a vida de quem produz, de quem traz riqueza para o Brasil, de quem gera emprego. O brasileiro é um povo trabalhador, nós precisamos gerar emprego, e não assistencialismo. Quero fazer aqui um apelo às pessoas responsáveis por essas mudanças, por essas reformas, que são os nossos deputados e os nossos senadores. Peço aos senhores que se unam ao Poder Executivo e façam uma reforma do jeito que tem que ser feita: correta, volto a dizer, sem criar novos impostos, e sim facilitando a vida de quem produz, de quem gera emprego, de quem gera riqueza. O Brasil é um país que tem tudo para ser uma potência mundial de verdade, e isso está na mão dos senhores. Esse é o momento. Essa pandemia fez com que nós perdêssemos milhares de vidas. E, infelizmente, também milhares de empregos. Só podemos dessa pandemia, ainda que com um sentimento de perda das vidas que serão impossíveis de serem restabelecidas, podemos sair mais fortes, mais preparados e realmente fazer a economia voltar a crescer com tudo o que o Brasil precisa, que é gerar emprego. Esse é o país que nós sonhamos, esse é o país que nós queremos”, avalia José Domingos Alves, superintendente das Lojas Cem.

Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Panjovempan.com.br/o-brasil-nao-pode-mais-esperar. Clique AQUI.