Para Carlos Tilkian, reforma administrativa deve ser aprovada primeiro

Presidente da Estrela defende as reformas administrativa e tributária para que o Brasil volte a ter desenvolvimento econômico e social

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2021 13h45
Reprodução/Jovem PanCarlos Tilkian defende análise dos projetos em paralelo com ações para controlar a pandemia

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “O Brasil atravessa um momento muito difícil e é imprescindível que, em paralelo à busca do controle dessa pandemia, possamos reencontrar os caminhos do crescimento econômico e da geração de empregos. E é exatamente por isso que as reformas constitucionais são tão importantes. Começando pela reforma administrativa, para que possamos reduzir o tamanho do Estado, possamos continuar o processo de venda das empresas estatais e tenhamos também uma rediscussão do pacto federativo. Para que quando finalmente a reforma tributária chegar, ela não traga apenas uma simplificação da apuração do pagamento de tributos, mas acima de tudo, que ela traga uma redução da carga tributária para as empresas e para os indivíduos. Reformas já, para que o Brasil encontre rapidamente um ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico e social”, aponta Carlos Tilkian, presidente da Estrela.

Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.