Presidente da Abrinq defende que todas as reformas sejam aprovadas urgentemente

Para Synésio da Costa, o Brasil e a sociedade não podem mais esperar por essas reformas

  • Por Jovem Pan
  • 03/03/2021 12h56
Reprodução/Jovem PanSynésio da Costa criticou a demora para a análise dos textos no Congresso

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “É preciso que a gente consiga fazer e aprovar todas as reformas. Aliás, o Brasil está em reformas há muitos anos. Tava na hora de ter uma obra terminada, e tudo depende do Congresso que a cada vez que troca, vem outro grupo, outra forma de pensar, que é o reflexo do extrato da nossa sociedade. Quando acaba o dia, parece que a gente é refém do mesmo modelo, refém de mãos invisíveis, refém de interesses invisíveis que se escondem atrás de leis, decretos, regulamentos, enfim, isso precisava terminar. Não é possível que a gente vai entregar isso para a próxima geração. É preciso mudar, porque o Brasil e a sociedade não podem mais esperar. Reformas já”, avalia Synésio da Costa, presidente de Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq).

Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.