Deputado Silvio Costa Filho diz que reformas deverão ser votadas somente em 2022

Parlamentar defendeu necessidade dos projetos, mas afirmou que, por causa da pandemia da Covid-19, votação dos textos deve atrasar

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2021 15h02
Jovem PanDeputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos-PE)

Jovem Pan está sempre atenta aos desafios e às necessidades do Brasil. Nos posicionamos em momentos decisivos e por isso, novamente, nos colocamos em defesa das reformas e dos projetos fundamentais para o desenvolvimento do país. Para isso, convidamos empresários, lideranças e autoridades para agir, juntos, em prol do futuro da nação. O Brasil não pode mais esperar. “Eu defendo a reforma administrativa, a reforma tributária, desde que a gente construa o melhor texto possível. As reformas são fundamentais para o Brasil e para a retomada do crescimento econômico e pela geração de empregos. Entretanto, por conta do coronavírus, essa crise sanitária que tem preocupado a todos nós, acho pouco provável que a gente vote esse ano de 2021. É possível que as reformas devam ficar para o ano de 2022. Vamos trabalhar para que ela avance, mas nesse momento acho difícil votar ao longo do ano”, diz o deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos-PE).

Acompanhe a cobertura especial da campanha na página especial do site da Jovem Pan. Clique AQUI.