7 dicas para fazer ovo de Páscoa em casa

Aprenda a manusear adequadamente o chocolate e faça receitas incríveis

  • Por EdiCase
  • 17/03/2023 14h00
Ovos de Páscoa podem ser preparados em casa Ovos de Páscoa podem ser preparados em casa Imagem: flanovais | Shutterstock

Com a chegada da Páscoa, é comum procurarmos presentes que possam surpreender e agradar amigos e familiares. E um dos itens mais tradicionais dessa época é o ovo de chocolate. No entanto, muitas vezes as opções industrializadas podem ser caras, e não ter a mesma qualidade e sabor que os feitos em casa.

Por isso, pode ser interessante aprender a fazer em casa. Além de ser uma atividade divertida e criativa, fazer o próprio ovo permite que você personalize o presente de acordo com os gostos e preferências de quem irá recebê-lo, e ainda pode ser uma oportunidade de reunir a família em torno de uma atividade deliciosa.

A seguir, confira algumas dicas da Elaine Pigini, chef e professora de gastronomia, para preparar ovos de Páscoa em casa de forma fácil e prática!

1. Utilize o chocolate adequado

Para cada receita há um tipo de chocolate ideal, então, muito cuidado na hora de escolher. O chocolate gourmet, por exemplo, é ideal para fazer barras, ovos de Páscoa e até recheios cremosos. O fracionado, por sua vez, é indicado para coberturas, banhos de chocolate, casquinhas de bombons e trufas.

2. Escolha a técnica de derretimento

O derretimento e a temperagem (choque térmico) corretos são responsáveis pelo resultado do produto, em que se destacará o brilho e a resistência do chocolate. Portanto, siga corretamente o processo escolhido e respeite a temperatura.

Banho-maria

Corte o chocolate em pedaços pequenos, coloque-o em um recipiente limpo, seco, sem cheiro e reserve. À parte, leve uma panela com água ao fogo, deixando aquecer até que faça bolhas no fundo da panela e tenha 50ºC. Desligue o fogo e coloque o recipiente com o chocolate na parte de cima (recipiente maior que a panela, para que o chocolate não tenha contato com o vapor da água). Mexa com uma espátula, até que o chocolate esteja derretido, utilize um termômetro para garantir a temperatura, evitando, assim, danos ao chocolate.

Micro-ondas

Corte o chocolate em pedaços iguais, coloque em um recipiente refratário seco e sem cheiro e leve ao micro-ondas por 1 minuto em potência média. Retire em seguida, misture o chocolate e leve 30 segundos na potência média e, assim, até que o chocolate derreta por completo. Se for derreter menos que 300 g, inicie o processo com 30 segundos em potência média.

Derretedeira

Siga o manual de instruções, respeitando a temperatura de 50ºC.

3. A temperagem é essencial

Banho-maria

Coloque o recipiente com o chocolate derretido para esfriar sobre um recipiente com água gelada (sem pedras de gelo). Mexa constantemente até que haja o resfriamento total do chocolate e chegue à temperatura desejada, utilize termômetro para garantir isso.

Mármore

Despeje o chocolate derretido em uma pedra de mármore seca, limpa e sem cheiro. Faça movimentos com o auxílio de uma espátula para que esfrie por igual. Utilize o termômetro para garantir a temperatura. Depois, volte o chocolate ao refratário e utilize normalmente.

4. Cuidado com a validade

Não existe uma validade específica para cada produto, pois tudo depende da manipulação, da higiene do local e daquilo que é empregado nas receitas. Quando o contexto é caseiro, precisamos ficar especialmente atentos a tudo isso. Opte por vender o produto sempre fresquinho, o que certamente irá agradar aos seus clientes, trazer-lhe elogios e não colocará em risco a saúde de ninguém.

Chocolate deve ser mantido sempre em local fresco e arejado (Imagem: Maya Kruchankova | Shutterstock)

5. Cuidado ao utilizar bebidas alcoólicas

As bebidas alcoólicas devem ser empregadas em receitas apenas por questão de paladar, jamais por questão de validade. Algumas pessoas acreditam que a bebida aumenta a validade das preparações, o que é um mito. Portanto, caso queira empregar ingrediente alcoólico na receita, especifique na embalagem que seu produto contém álcool, evitando, assim, maiores problemas com crianças, pessoas que tomam remédios controlados, entre outros.

6. Conserve o chocolate adequadamente

Chocolate deve ser mantido sempre em local fresco e arejado; e em geladeira apenas na hora de confeccioná-los. Jamais guarde barras ou produtos prontos na geladeira, evitando o excesso de umidade e, por consequência, a perda de brilho. Não armazene chocolate em local úmido, que contenha cheiro ou junto a material de limpeza.

7. Use a criatividade

Trabalhar com chocolate é sempre muito prazeroso e nos permite criar, diversificar e inovar. O mercado está carente de novidades, portanto, invista no desenvolvimento de produtos diferenciados. Capriche na embalagem, demonstre carinho pelo que faz, inove, crie e diversifique.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.