8 cuidados para conquistar unhas bonitas naturalmente

Médicos explicam como as manter saudáveis com hábitos simples no dia a dia

  • Por EdiCase
  • 11/04/2024 13h00 - Atualizado em 11/04/2024 13h06
Tenha unhas saudáveis e bonitas com cuidados simples Tenha unhas saudáveis e bonitas com cuidados simples Imagem: Bykfa | Shutterstock

Conquistar unhas bonitas naturalmente é o desejo de muitas pessoas que valorizam a saúde e a estética das mãos. Todavia, mantê-las em ótimo estado requer mais do que simplesmente aplicar esmaltes coloridos. É necessário adotar uma rotina de cuidados. Com hábitos simples e práticas saudáveis, por exemplo, você pode obter unhas fortes, resistentes e com uma aparência impecável!

Por isso, confira 8 cuidados essenciais que ajudarão você a alcançar unhas bonitas de forma natural, sem a necessidade de procedimentos agressivos ou produtos químicos prejudiciais!

1. Aposte na boa alimentação

A alimentação é a principal fonte dos nutrientes necessários para a manutenção das unhas. Quando elas estão frágeis e quebradiças, pode ser que algo esteja faltando na sua alimentação. “As unhas são formadas de queratina, uma proteína secundária composta por 20 aminoácidos e sintetizada em células chamadas queratinócitos. O colágeno é uma das principais proteínas associadas à síntese de queratina, assim garantindo consistência, brilho e resistência às unhas”, explica a nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Portanto, aposte em alimentos como peixes, ovos, queijos, iogurtes, leguminosas, carnes brancas e vermelhas e cereais como a quinoa, que são combustíveis fundamentais para que o corpo consiga fabricar mais colágeno e, consequentemente, queratina, diz a profissional.

2. Não use esmaltes por muito tempo

Por mais caros que os esmaltes estejam, a economia não deve ser uma justificativa para exagerar no tempo de uso desses produtos, deixando-os prolongadamente nas unhas. Segundo o dermatologista Dr. Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o mais saudável é manter as unhas sem esmalte por pelo menos 10 dias todos os meses, com um intervalo de, no mínimo, 3 dias entre cada esmaltagem.

“Mas tome cuidado na hora de remover o esmalte, dando preferência a produtos que não contenham acetona em sua composição, já que essa substância pode causar ressecamento, manchas nas unhas e danos à cutícula”, aconselha o médico.

3. Não retire as cutículas

É muito comum que as pessoas removam as cutículas por acharem que prejudicam a aparência das unhas, mas o efeito pode acabar sendo o contrário. “É fundamental não retirar completamente as cutículas, pois esse pequeno pedaço de pele que envolve as unhas é responsável por protegê-las e impedir que a água e outras substâncias nocivas atinjam a matriz da unha e favoreçam o crescimento de fungos e bactérias, assim prejudicando sua beleza e saúde“, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A hidratação é fundamental para manter a unha bonita Imagem: JohnAmarok | Shutterstock

4. Mantenha as unhas hidratadas

A hidratação é indispensável para manter as unhas e as cutículas bonitas, podendo ser realizada ao mesmo tempo que a hidratação das mãos com um produto específico para essa finalidade. “O ideal é aplicar o produto sempre após a higienização das mãos, mas, se não for possível realizar a hidratação com tanta frequência, recomendo utilizar o produto, no mínimo, duas vezes ao dia”, recomenda a Dra. Paola Pomerantzeff.

5. Não roa as unhas

Para conquistar unhas bonitas e saudáveis, evite maus hábitos como roer as unhas. “Roer as unhas com frequência causa traumatismos que geram um processo inflamatório com consequente parada temporária no crescimento e desenvolvimento das unhas, que se tornam mais fracas, finas e opacas”, diz o Dr. Abdo Salomão.

6. Atente-se às mudanças nas unhas

O esmalte é constantemente usado para cobrir imperfeições e alterações das unhas que, muitas vezes, podem indicar problemas de saúde mais sérios. Então, aproveite esse período de unhas limpas para prestar atenção nessas estruturas.

“Mudanças na coloração, formato e textura das unhas podem ser sinal de que você está sofrendo com alguma condição. Por isso, é sempre importante ficar atento a essa estrutura queratinosa na ponta dos dedos, que deve permanecer forte, transparente e lisa”, diz a Dra. Paola Pomerantzeff.

Segundo o Dr. Abdo Salomão, entre as doenças que afetam as unhas, a mais comum é a micose, uma infecção causada por fungos que se aproveitam da unha fragilizada, causando coceira, descamação, vermelhidão, inchaço e bordas irregulares nas unhas.

“Ao notar esses sintomas, é fundamental visitar o dermatologista para receber o tratamento adequado, que pode incluir medicamentos orais e tópicos e procedimentos como o Laser Solon MultiStation, que foi especialmente desenvolvido para melhorar a fragilidade, a descamação e a irregularidade da borda das unhas, além de reduzir o inchaço, acelerar o crescimento e retirar a umidade excessiva, assim encurtando o tratamento da micose sem a necessidade de medicamentos orais”, explica o médico.

7. Evite o uso excessivo de produtos químicos

Produtos químicos presentes em itens de limpeza doméstica, como detergentes e desinfetantes, podem ter efeitos adversos sobre a saúde das unhas. O contato frequente com esses itens pode causar irritação, sensibilidade e até mesmo reações alérgicas na pele ao redor das unhas, tornando-as propensas a infecções e inflamações. De acordo com a Dra. Paola Pomerantzeff, na hora de utilizar esses produtos, não se esqueça de usar luvas para proteger as unhas e cutículas da ação abrasiva desse tipo de substância.

8. Corte e lixe as unhas corretamente

Cortar e lixar as unhas corretamente é fundamental para garantir sua saúde e beleza. Para começar, é importante escolher o comprimento adequado, seja mantendo-as curtas para evitar quebras ou um pouco mais longas por razões estéticas. Use um cortador de unhas afiado para garantir um corte limpo e preciso, evitando o uso de tesouras comuns, que podem deixar as unhas desiguais e quebradiças.

Além disso, lembre-se de cortar em linha reta, em vez de arredondar os cantos, para prevenir unhas encravadas. Depois, suavize as bordas com uma lixa de unha, lixando suavemente em uma única direção para evitar fissuras. Mantenha as unhas limpas, lavando as mãos após o procedimento para remover qualquer resíduo e prevenir infecções.

Por Paula Amoroso e Redação Edicase

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.