Apesar dos 77 anos, tenho energia para apoiar os candidatos do PT, diz Suplicy

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/07/2018 14h33
VALÉRIA GONÇALVEZ/ESTADÃO CONTEÚDOEm coro com os militantes, Suplicy clamou pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva através do jargão "Lula Livre"

Durante discurso na convenção estadual do PT, neste sábado (28), na capital paulista, o ex-senador e candidato ao Senado, Eduardo Suplicy, destacou que apesar dos seus 77 anos, ele ainda conta com “energia total para apoiar os candidatos” do partido.

Em coro com os militantes, Suplicy clamou pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva através do jargão “Lula Livre” e declarou seu apoio à candidatura de Lula para a Presidência, paralela à corrida pelo governo do Estado pleiteada pelo ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho. Ao lado de Suplicy, o ex-deputado Jilmar Tatto deve concorrer ao Senado.

Suplicy criticou a gestão do ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), tucano que é o principal concorrente de Marinho ao governo do Estado.

“Fui honrado pelo prefeito Fernando Haddad para cuidar dos direitos humanos na cidade e acompanhei o que acontecia nas ruas. Agora, é o IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística quem traz a informação: a pobreza aumentou em 35% em São Paulo enquanto Doria era líder”, argumentou. “Temos que reverter isso”, acrescentou.