TRE do Mato Grosso esclarece que são falsas as mensagens divulgadas pela internet sobre votos não processados

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2018 14h21
Reprodução Segundo nota, a culpa são dos eleitores que tem ânsia de votar primeiramente nos candidatos a presidente

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso divulgou uma nota esclarecendo que são falsas as mensagens que circulam na internet sobre os votos não processados “a um determinado candidato a presidente” e cita vários fatores para isso.

Segundo o TRE, os eleitores vão para a urna querendo votar primeiramente no presidente, mas a urna possui uma ordem automática: “O eleitor deve votar primeiro para deputado federal, depois estadual, senador 1, senador 2, governador, e por fim, presidente da república”.

“Se o eleitor apertar os dois dígitos do candidato a presidente da república em primeiro lugar, e se nesse estado aquela legenda não lançou candidatos a deputado federal, aparecerá a expressão ‘voto nulo'”, explica a nota.

A nota ainda esclarece o voto para senador, é preciso votar em dois candidatos diferentes, caso o eleitor vote no mesmo candidato, o segundo automaticamente será anulado.

Sobre os vídeos publicados na internet em que a urna, por sua conta, completa o voto para presidente, o TRE “esclarece ainda que são falsos”, “trata-se de falsificação grosseira. Esses videos sequer mostram o teclado da urna”, finalizou o comunicado.