Alckmin reedita jingle de 2006 e diz que país não pode ‘olhar para trás’

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2018 10h18
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDODe acordo com a assessoria tucana, apenas no jingle o candidato será tratado como "Geraldo"

O PSDB divulgou o novo jingle para campanha presidencial de Geraldo Alckmin. A música reedita uma versão usada em 2006 que trata o candidato apenas como “Geraldo”, buscando popularizar a imagem do tucano. A canção, que leva o ritmo sertanejo, foi aprovada por Alckmin neste domingo (26) e diz que o país não pode “olhar para trás”.

De acordo com a assessoria tucana, apenas no jingle o candidato será tratado como “Geraldo”. No resto da campanha, continuará usando o nome completo “Geraldo Alckmin”.

Para escolher o ritmo da música, foi realizada uma pesquisa em rádio populares, que apontou que esse novo tipo de sertaneja, com levada pop, é sucesso em todos os cantos do Brasil.

Além das qualidades do tucano, o jingle também retrata a indignação da população. Para saber com que os eleitores se incomodavam, o partido realizou uma pesquisa interna e fez a canção em cima dos resultados.

Em pesquisa do instituto FSB encomendada pelo BTG Pactual divulgada nesta segunda-feira (27), Alckmin aparece na terceira colocação com 9%, atrás de Jair Bolsonaro (PSL) com 24% e Marina Silva (Rede) com 15%. Este cenário não conta com a participação do ex-presidente Lula (PT).

No cenário com Lula na briga, o tucano cai para a quarta colocação com 6%.