Alvaro Dias diz que segurança é importante, mas prioridade básica é emprego

  • Por Jovem Pan
  • 07/09/2018 09h20
Johnny Drum/Jovem PanAté esta quinta-feira (6), Dias não contava com seguranças durante as campanhas nas ruas

O candidato pelo Podemos à presidência da República, Alvaro Dias, repudiou qualquer forma de violência: contra candidatos, contra eleitores, contra mulheres e contra qualquer cidadão. Outra coisa que deve ser repudiada segundo Dias, é o estimulo à violência, o que leva o debate politico à irracionalidade. “Quem não está preparado para ter paciência diante dos que se opõem, definitivamente, não esta preparado para a democracia”.

Alvaro Dias garantiu que a pauta da segurança é importante, entretanto, para ele, a questão do desemprego ainda é maior. “A prioridade básica do cidadão é o emprego. Obviamente, a classe média e os mais ricos estão preocupados com violência. Mas um está ligado ao outro. Se reduzirmos o índice de desemprego também diminuiremos os números da violência”, disse em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã.

O presidenciável ainda revelou que vai continuar com a campanha corpo a corpo. “Essa é a melhor forma de campanha, é onde a gente aprende. O aprendizado é grande. É aí que você percebe qual a sensibilidade do eleitor e, principalmente, qual é a sua reivindicação”.

Até esta quinta-feira (6), Dias não contava com seguranças durante as campanhas nas ruas. “Eu acho que [o atentado contra Bolsonaro] foi um ponto fora da curva, não vai acontecer de novo. Aliás, até ontem eu não tinha segurança, mas acabei aceitando a oferta da Polícia Federal depois do fato ocorrido”, finalizou.