Após convite para aliança, Novo diz que manterá candidatura de Amoêdo: “melhor representante”

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2018 18h04
Reprodução/Facebook"A candidatura não será retirada em nenhuma hipótese e este assunto jamais esteve em discussão pelo partido", afirmou o Novo

Apontada como um dos possíveis nomes para compor a chapa de Jair Bolsonaro à Presidência da República, a advogada Janaína Paschoal usou o Twitter no último sábado (28) para propôr uma possível aliança entre o deputado do PSL e João Amoêdo, candidato do Novo. Porém, a ideia parece não ter sido aprovada pelo partido, que também usou as redes sociais nesta segunda-feira (30) para reafirmar o nome de Amoêdo.

“A proposta é uma impossibilidade. A candidatura não será retirada em nenhuma hipótese e este assunto jamais esteve em discussão pelo partido. O NOVO está convicto de que João Amoêdo é seu melhor representante”, disse o partido em se perfil oficial no Twitter.

A série de comentários foi compartilhada pelo próprio candidato, que não havia se pronunciado ao longo do final de semana quando teve o nome ventilado na possível aliança entre PSL e Novo.

Também nesta segunda, Janaína voltou a comentar sobre o tema e defendeu o que chamou de “voto estratégico” em Bolsonaro.

“Vai esperar o segundo turno e lamentar que tudo vai seguir na mesma, fazendo cara de paisagem?. O cenário eleitoral já está mais ou menos desenhado. Já é hora de avaliar quem apoiar em um eventual segundo turno e unir forças desde logo… Neste momento, os candidatos estão fechando seus programas. Pensem!”, finalizou a jurista.

Veja a sequência de postagens do Novo:

“No sábado, a advogada Janaína Paschoal sugeriu em suas redes sociais uma aliança no primeiro turno das eleições presidenciais entre João Amoêdo e Jair Bolsonaro – ou entre o NOVO e o PSL.

Janaína é uma liderança ascendente da política brasileira e estamos certos de suas boas intenções ao sugerir uma articulação política para o bem do Brasil. A proposta, no entanto, é uma impossibilidade.

A candidatura de João Amoêdo não será retirada em nenhuma hipótese e este assunto jamais esteve em discussão pelo partido. O NOVO está convicto de que João Amoêdo é seu melhor representante.

Ao longo da sua trajetória, João sempre defendeu os princípios do NOVO, tem um histórico de realizações, coerência e também ele deseja romper com a maneira de se fazer política, se afastando daqueles que estão há décadas participando do jogo do poder. O NOVO foi criado por isso.

Nossa coligação é com o cidadão que anseia por renovação. Entendemos que está nas mãos da população escolher entre as velhas práticas políticas ou se deseja a renovação com coerência, valores, projetos e exemplos práticos. Vamos continuar fazendo o certo para mudar o Brasil”.