Após crítica de Brown, Haddad admite: ‘Precisamos voltar para a periferia de coração aberto’

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2018 09h52 - Atualizado em 24/10/2018 11h10
Wilton Junior/Estadão ConteúdoEm discurso, Mano Brown disse que o PT “não conseguiu falar a língua do povo, tem que perder mesmo”

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, usou sua conta no Twitter nesta quarta-feira (24) para comentar a fala do rapper Mano Brown, que roubou a cena durante um ato de campanha no Rio de Janeiro. O músico quebrou o clima festivo do comício de Haddad e disse que o PT “não conseguiu falar a língua do povo”. Mesmo vaiado, continuou: “Não vim aqui ganhar voto. Acho que já está decidido. Se errou, tem que pagar mesmo”.

Haddad escreveu: “O Mano Brown tem toda razão. Precisamos voltar para a periferia de coração aberto porque a periferia não votou com a gente no primeiro turno. Vamos voltar para a base para governar o Brasil com a base, como sempre fizemos”.

Vamos trabalhar até sábado para evitar o pior. Bolsonaro é arrogante, já está preparando transição com o Temer, mas quem decide é o povo no domingo. Chamo ele de soldadinho de araque porque não coloca medo em ninguém. O que dá medo é o que vem por trás dele, os porões da ditadura”, continuou o petista.

O petista disse ainda que Jair Bolsonaro pretende manter a equipe econômica de Michel Temer, que “não pensa em geração de emprego, só pensa em lucro para banqueiro”.