Bens declarados por presidenciáveis somam R$ 833.682.577,01

  • Por Jovem Pan
  • 16/08/2018 15h00
Marcello Casal Jr/Agência BrasilOs presidenciáveis com maior patrimônio são João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) com R$ 425.066.485,46 e R$ 377.496.700,70, respectivamente

Terminou na noite desta quarta-feira (15) o prazo para o registro da candidatura para as Eleições 2018.  Ao todo, 13 candidatos irão disputar o cargo de presidente da República. Cada um deles precisou declarar o valor de seu patrimônio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para avançar com a candidatura. Com ou sem exatidão nas informações, se somarmos os bens de todos os candidatos, alcançamos a marca de R$ 833.682.577,01.

Os presidenciáveis com maior patrimônio são João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) com R$ 425.066.485,46 e R$ 377.496.700,70, respectivamente. Somados, os bens dos dois candidatos totalizam R$ 802.563.186,16, ou seja, 96,26% do total.

Com menor valor, estão Cabo Daciolo (Patriota), que declarou não ter patrimônio, Guilherme Boulos (Psol) com R$ 15.416,00 e Vera Lúcia (PSTU) com R$ 20.000,00.

O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT), Luiz Inácio Lula da Silva, teve um crescimento de patrimônio de 852% em relação à última vez que concorreu a um cargo público, em 2006. Naquele ano, os bens do ex-presidente eram de R$ 839.033,52. O valor declarado em 2018 é de R$ 7.987.921,57.

No último mês de junho, Lula informou ao Judiciário que os bens dele e da ex-primeira-dama Marisa Letícia somavam R$ 12,3 milhões. Uma queda de 64,94% se comparado com a última declaração.

Condenado em segunda instância no âmbito da Operação Lava Jato por conta do triplex no Guarujá, Lula está inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa. Mesmo sabendo disso, o PT registrou a candidatura do ex-presidente com o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como vice. Considerando que Haddad será o candidato oficial, o total de bens do representante do PT é de R$ 428.451,09.

Confira o patrimônio de cada presidenciável:

João Amoêdo (Novo): R$ 425.066.485,46

Henrique Meirelles (MDB): R$ 377.496.700,70

João Goulart Filho (PPL): R$ 8.591.035,79

Lula (PT): R$ 7.987.921,57

José Maria Eymael (DC): R$ 6.135.114,71

Alvaro Dias (Podemos): R$ 2.889.933,32

Jair Bolsonaro (PSL): R$ 2.286.779,48

Ciro Gomes (PDT): R$ 1.695.203,15

Geraldo Alckmin (PSDB): R$ 1.379.131,70

Marina Silva (Rede): R$ 118.835,13

Vera Lúcia (PSTU): R$ 20.000,00

Guilherme Boulos (PSOL): R$ 15.416,00

Cabo Daciolo (Patriota): Declarou não ter bens