Bolsonaro não participará de último debate na TV nesta quinta (04), confirma médico

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 12h01
Jovem PanO candidato do PSL tem focado em impulsionar suas redes sociais e gravar transmissões ao vivo via Facebook

O cirurgião Antônio Macedo, um dos médicos da equipe que atendeu o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, confirmou nesta quarta-feira (03) que vetou a participação do presidenciável no debate da TV Globo, marcado para esta quinta-feira (04).

Segundo Macedo, que visitou Bolsonaro esta manhã no Rio acompanhado do médico Leandro Echenique, o candidato se recupera bem e os antibióticos foram suspensos, mas foi aplicada infusão de ferro para melhorar a anemia. “Ele está muito bem, mas não está em condições de ficar mais do que dez minutos conversando”, disse ao Broadcast Político.

Os filhos e a mulher de Bolsonaro também foram contra a participação do candidato no confronto. Politicamente, as últimas pesquisas, que mostraram o aumento de sua vantagem em relação ao segundo colocado, Fernando Haddad (PT), também contribuíram para a avaliação de que o comparecimento ao programa da TV Globo seria desnecessário.

O candidato do PSL tem focado em impulsionar suas redes sociais e gravar transmissões ao vivo via Facebook para ganhar mais eleitores. Questionado sobre as transmissões no Facebook, o médico disse que a avaliação foi feita especificamente para o debate. “Nós contraindicamos a ida dele ao debate.”

O presidente do partido, Gustavo Bebianno, também era contra a participação do candidato. O único que ainda pensava em ir seria o próprio Jair Bolsonaro. De acordo com o doutor Macedo, uma nova avaliação será feita na próxima semana e ainda não há previsão para quando Bolsonaro possa participar novamente dos debates.

*Com Estadão Conteúdo