Depois da gafe de Lula com ‘Hadad’, FHC escreve nome de Alckmin errado

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2018 14h57
JÚLIO ZERBATTO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOTucano escreveu "Alkmin" duas vezes nas redes sociais

Parece que os ex-presidentes do Brasil estão um pouco confusos neste sábado (15). Pouco tempo depois de Luiz Inácio Lula da Silva escrever um bilhete com a grafia do nome do companheiro petista Fernando Haddad errada, Fernando Henrique Cardoso também se equivocou ao escrever o nome do colega tucano Geraldo Alckmin.

“Intriga não ajuda a convencer. No que publiquei ontem está claro que ‘Alkmin’ é quem pode governar melhor: experiente, honesto, com olho no orçamento e capaz de ouvir. Meu voto é sabidamente nele. Há tempo para evitar votar em aventuras ou em desastres anunciados”, disse FHC em seu perfil do Twitter. O nome do candidato à presidência se escreve, na verdade, com um “C” antes da letra “K”.

No tuíte seguinte, repetiu o erro. “O senador Tasso está certo: o ciclo partidário-eleitoral se exauriu. Não há outro ainda. ‘Alkmin’ poderá levar o país a um novo consenso. Fiéis à democracia e aos nossos compromissos votemos nele para a reconstrução social e econômica do Brasil”.