Em documento, PP declara postura de neutralidade para segundo turno entre Bolsonaro e Haddad

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2018 13h07 - Atualizado em 09/10/2018 13h09
Agência BrasilO documento é assinado pelo presidente do Progressistas, Ciro Nogueira

O PP divulgou nesta terça-feira (09) um documento em que declara sua postura na votação do segundo turno presidencial. O documento afirma que o partido manterá “absoluta isenção e neutralidade”.

A sigla integra o “Centrão”, que no primeiro turno havia participado da coligação de Geraldo Alckmin (PSDB). Ana Amélia, vice na chapa, é do PP.

“Tendo a clara compreensão dessas circunstâncias especiais que vivem a política e o país, o Progressistas adotará uma postura de absoluta isenção e neutralidade no segundo turno das eleições presidenciais”, traz a nota. A legenda diz ainda estar convicta de que a postura neutra é a “melhor contribuição que pode oferecer ao debate, em que os cidadãos e cidadãs demonstraram querer se ater a um olhar aos projetos e às personas dos candidatos, deixando todas as demais variáveis em segundo plano”.

O documento é assinado pelo presidente do Progressistas, Ciro Nogueira. O partido, apesar de neutro na disputa, afirma que estará disposto a colaborar com o futuro Governo “em todas as agendas coerentes e resolutivas”.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018