Haddad confirma que buscará apoio de Ciro Gomes no 2° turno

  • Por Jovem Pan
  • 08/10/2018 17h09
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDOO PDT, por sua vez, só anunciou que não apoiará Jair Bolsonaro (PSL)

O candidato à presidência Fernando Haddad (PT) esteve em Curitiba nesta segunda-feira (8) para visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na carceragem da sede da Polícia Federal. Logo depois do encontro, conversou com jornalistas no local e falou sobre um possível apoio de Ciro Gomes (PDT) à sua chapa no segundo turno.

“Vou conversar com as forças democráticas do país, representadas por candidaturas como as de Ciro Gomes, Guilherme Boulos, mantendo ainda contato com governadores do PSB. Tenho interesse que essas forças estejam reunidas em torno desse projeto de restauração e inclusão social, como tratamos no primeiro turno com o PCdoB”, disse. “Vi o programa do Ciro, temos muita convergência de ideias com o que precisa ser feito”.

O PDT, por sua vez, anunciou que não apoiará Jair Bolsonaro (PSL), mas que pode fechar um “apoio crítico” a Haddad. “Tenho total tranquilidade em ajustar parâmetros do programa para que ele seja o mais representativo dessa ampla aliança democrática que pretendemos fazer”, disse o petista, em claro aceno ao colega, seu “amigo de longa data”.

*Com informações do Estadão Conteúdo