José Serra se posiciona contra ‘reacionarismo do Bolsonaro e aventura petista’

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2018 14h09 - Atualizado em 09/10/2018 14h31
EFE/David Fernández"Acho que a direção do PSDB deve seguir essa orientação", sugeriu o senador

O senador José Serra é mais uma liderança do PSDB que declarou neutralidade no segundo turno das eleições presidenciais disputado entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Em uma postagem em sua conta no Twitter nesta terça-feira (9), o tucano disse que não irá apoiar “nem o reacionarismo cultural do Bolsonaro nem mais uma aventura petista”.

“Na linha do que disse o presidente Fernando Henrique, a população brasileira nos enviou para a oposição. Não nos cabe como partido fazer propostas nem muito menos ofertas. Não tenho nenhuma disposição de apoiar nem o reacionarismo cultural do Bolsonaro nem mais uma aventura petista. Acho que a direção do PSDB deve seguir essa orientação. Nunca jogando no quanto pior melhor”, escreveu.

Na segunda (8), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já havia declarado posição semelhante. “As redes divulgam que apoiarei Haddad. Mentira: nem o PT nem Bolsonaro explicitaram compromisso com o que creio”, escreveu também na web.