Manuela D’Ávila diz sofrer ameaças e pede proteção da PF

  • Por Jovem Pan
  • 24/09/2018 15h48
Marcelo Bertani, Agência ALRS/DivulgaçãoD'Ávila diz ter sofrido ameaças após um boato que relacionava a candidata a Adélio Bispo

A vice de Fernando Haddad (PT), Manuela D’Ávila (PCdoB), solicitou, nesta segunda-feira (24), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proteção da Polícia Federal durante o período de eleições. O requerimento foi assinado pelos advogados da candidata e pela coligação “O Povo Feliz de Novo”, que é integrado pelo PT, PCdoB e Pros.

D’Ávila diz ter sofrido ameaças após um boato que relacionava a candidata a Adélio Bispo, homem que atacou Jair Bolsonaro (PSL) com uma faca, nas redes sociais. Os boatos diziam que Adélio havia recebido telefonemas de Manuela, dia 6 de setembro, um dia antes do ataque ao deputado.

Além de proteção, a defesa pede que a Procuradoria-Geral da República (PGR) investigue e tome providências sobre as ameaças que Manuela vem recebendo. A coligação também solicita que os boatos sejam retirados das redes sociais.

Confira o documento na íntegra: