Meirelles afirma que voto em Bolsonaro e Haddad é ‘reação emocional’

  • Por Jovem Pan
  • 19/09/2018 16h36
EFE/Laurent GillieronPresidenciável ainda declarou que está "deslanchando" nas pesquisas

Henrique Meirelles, candidato do MDB à presidência da República, afirmou nesta quarta-feira (19) que a manifestação de intenções de votos em Jair Bolsonaro (PSL) e em Fernando Haddad (PT) se deve ao que classificou de “reação emocional”. “Muitos eleitores que manifestam intensão de voto em Bolsonaro estão com medo do PT. E muitos que manifestam intensão de voto no PT ou estão com medo de Bolsonaro ou tem boa lembrança do período Lula“, disse em evento em São Paulo. “Chegando mais perto da eleição, o eleitor começa a pensar coma a razão”.

Meirelles declarou que está “deslanchando” nas pesquisas, uma vez que saiu do patamar de 0,5% para 4% de intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira. O candidato demonstrou ainda estar bastante otimista: “Mantendo esse nível de crescimento, teremos uma vitória em primeiro turno”, afirmou.

Questionado sobre se nomearia o presidente Michel Temer como ministro em um eventual governo seu, o emedebista fugiu da pergunta, dizendo que “não senta na cadeira antes da hora”. Meirelles afirmou ainda que não vai ceder a pressões de partidos ou aliados. “A minha candidatura é independente”, finalizou.

*Com informações da repórter Nicole Fusco