‘Se depender de mim, essa porta vai ser aberta’, diz Haddad sobre apoio de FHC

  • Por Jovem Pan
  • 14/10/2018 13h30
Ricardo StuckertHaddad vê "obrigação em abrir essa porta" com Fernando Henrique Cardoso

Em transmissão ao vivo no Twitter, o candidato à Presidência pelo PT, Fernando Haddad, repercutiu a entrevista de Fernando Henrique Cardoso ao Estadão. O ex-presidente afirmou ao analisar os postulantes ao Planalto que “um tem um muro, o outro uma porta. Figura por figura, eu me dou com Haddad. Nunca vi Bolsonaro”.

“O que o FHC disse que eu compreendi bem, é que existe um muro que existe que separa ele do Bolsonaro e uma porta entre nós dois. Se depender de mim essa porta vai ser aberta. Independentemente do PSDB ser oposição a um eventual governo, o mais importante hoje é garantir as liberdades democráticas que estão em risco”, afirmou o petista.

Haddad vê “obrigação em abrir essa porta” e elogiou Fernando Henrique. “Todo mundo sabe aqui que tenho relações pessoais e cordiais com o FHC, temos respeito mútuo, amigos em comum. Porta não é obstáculo para defender um país da violência, ditadura, cultura do estupro”, concluiu.