Sem PR, Bolsonaro avalia militar de vice

  • Por Estadão Conteúdo
  • 30/06/2018 09h41
Renato Araújo/ABrPré-candidato que lidera pesquisas de intenção de votos tem dificuldades em se articular com outras siglas

Ainda sem resposta do PR para a formação de aliança nas eleições deste ano, o PSL avalia lançar o general da reserva do Exército Augusto Heleno Ribeiro (PRP) como vice na chapa do presidenciável Jair Bolsonaro. A informação foi antecipada pela Coluna do Estadão.

Uma chapa “puro-sangue” oriunda do setor militar é vista por aliados de Bolsonaro como uma forma para reduzir a tensão no grupo enquanto uma resposta do PR é aguardada. O partido presidido pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP) negocia também com outras legendas.

Um dos conselheiros mais próximos de Bolsonaro e ex-comandante da Amazônia e das tropas da ONU no Haiti, Augusto Heleno diz que seu nome é apenas uma “opção” para o atual momento da campanha. “Não estou pleiteando nem almejando.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.