Senador Ronaldo Caiado após condenação: “Lula é figura fora do processo eleitoral”

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2018 19h36 - Atualizado em 24/01/2018 19h40
Jefferson Rudy/Agência SenadoO parlamentar afirmou ainda que não endossa a opinião do presidente da Câmara os Deputados, Rodrigo Maia, que disse, em nota, que o dia de hoje não é para ser celebrado e que o melhor veredito é dado nas urnas

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou, em entrevista exclusiva à Jovem Pan, que, após a condenação em segunda instância, o ex-presidente Lula é “uma figura totalmente fora do processo político eleitoral”. De acordo com ele, a decisão vai desconstruindo a tese de que “não tem provas” contra o petista.

“Os autos estão ali. Cheio de provas, de gatunagens, de corrupção, de desvio de dinheiro público, de montagem de benefícios…então, isso realmente não convence mais e a sociedade já está ciente de que não admite mais as pessoas falarem uma coisa e praticar outra”, disse o senador.

O parlamentar afirmou ainda que não endossa a opinião do presidente da Câmara os Deputados, Rodrigo Maia, que disse, em nota, que o dia de hoje não é para ser celebrado e que o melhor veredito é dado nas urnas.

“É uma opinião de ordem pessoal. De maneira nenhuma não tem nenhuma base política nesse julgamento. É um julgamento por aquilo que está nos autos, ou seja, por todos os crimes praticados, por toda a enganação feita. E essa é uma realidade. (…) É um momento que faz justiça àquele que mais enganou o País, que mais mentiu e corrompeu a nação”, afirmou Caiado.